Mãezinhas
  •  

    Barrigudinhas

  •  

    Mãezinhas

  •  

    Pequenos

  •  

    Dicas

  •  

    Família

  •  

    Festas

    • 0

      Família

      Construindo um bom relacionamento com os avós de seu filho

      25/07/2016 POR Bruna Brenneisen

      O relacionamento entre avós e netos pode render algumas páginas escritas. Penso eu que poderia fazer render linhas e mais linhas de bonitas histórias. Entretanto, um fator vem dificultando a cada dia mais essa relação e por vezes acaba atrapalhando a construção dessa linda história: o relacionamento entre os avós e os pais das crianças.

      Por melhor e mais saudável que seja a sua relação com os avós de seus filhos, certamente muitas vezes você já ficou furiosa com alguma situação que te desagradou não é mesmo? E não apenas com seu sogro ou sogra, mas seus próprios pais podem ter tirado você do sério em algum momento, no modo com o qual lidaram com seus filhos. Isso acontece desde a história da criação, mas vem tomando mais força a cada dia. Mas eu acredito que seja algo natural, cujo segredo está em encontrar o equilíbrio.

      Os avós de seus filhos são em primeiro lugar, pais. Isso os torna conhecedores de muitas verdades, eles entendem sobre a vida materna e paterna, muitas vezes até melhores que você mesmo. Eles tem mais experiência, mais anos de caminhada, passaram por mais fases dessa jornada e sem sombra de dúvidas aprenderam muita coisa. As vezes é difícil admitir isso. Difícil entender que de fato eles sabem de muita coisa, que também são pais e se tornaram muito antes de você mesmo. Em contrapartida, é totalmente entendível que na ânsia de viver sua maternidade em plenitude, você quer ter a liberdade de acertar e errar, quer ter o direito de fazer do seu jeito: agora é a sua vez! Pra que tantos conselhos? Pra que tantas dicas? Pra que? Você já é bombardeada de todos os lados por dicas e críticas "construtívas". Além do que mais, o fato de eles conhecerem muitas coisas e terem tanta experiência, não os torna detentores das verdades. Eles também são falhos, erram e possuem teorias ultrapassadas ou que simplesmente você não concorda.

      Se você de alguma forma perceber que os avós de seus filhos vem interferindo de forma negativa na educação de seu filho, intervenha também. Imponha limites! Mas carregue consigo a certeza de que eles não o fazem por mal. Lembre-se que eles amam muito o seu bem mais precioso de todos: seu filho. Só que a sua forma de pensar em educação pode ser diferente das deles, você pode ter alguns critérios que prioriza, que para eles não faz diferença. As suas prioridades por vezes não são as mesmas. Encontrar um equilíbrio quer dizer não ditar regra por regra do modo com o qual você quer que os avós dos seus filhos ajam com eles, mas deixar claro, mostrar no dia-a-dia aquilo que você considera importante e o modo com o qual encara as coisas e lida com seu filho. É dar espaço para que os avós possam também ter pequenos prazeres como dar um brinquedo ou um pirulito fora de hora, mesmo que você não quisesse que seu filho ganhasse aquilo naquele momento. Você não é obrigada a aceitar tudo o tempo inteiro, mas eles também não são obrigados a ter que adivinhar suas vontades todo o tempo. Converse, diálogue, dê espaço ao mesmo tempo que imponha certos limites.

      O amor que os avós sentem pelo seus netos certamente é incrivelmente grande e verdadeiro. Imagine você, o quanto não amaria os filhos dos seus próprios filhos? Agora pense um pouquinho na figura dos seus próprios avós e o quanto eles representam na sua vida. Se você, assim como eu teve a graça e o privilégio de conhecê-los e conviver com o seus, lembra-rá com carinho de momentos incríveis que viveu ao lado deles, de pequenos gestos com grandes significados. É... sem dúvidas seu filho também deve amar muito os avós que tem.

      Por isso, cultive com amor essa relação. Não com liberdade e permissividade, mas com afeto, carinho e diálogo. Há sempre alguma boa solução para que todos possam viver em plenitude! 

      Crédito foto: Shutterstock

      Construindo um bom relacionamento com os avós de seu filho

      A mãezinha

      Bruna Brenneisen

      Publicitária, 23 anos, mãe da Clarinha e do Francisco, e idealizadora do projeto Mãezinhas.com

    Comente com o facebook
  •  
  •  
  •  
  • Bruna Brenneisen
     
     
    Encontro Mãezinhas 2017 - Com Super Nanny
     
     

    MAIS LIDAS

    FOLLOW @BLOGMAEZINHAS
       
    https://api.instagram.com/v1/users/2234105776/media/recent/?access_token=2234105776.1677ed0.2dda7fa43df54a1193afd8bf7127e7c7&count=12
    Notice: Trying to get property of non-object in /home/blogbruna/public_html/restrito/pg/configuracoes/_configGerais.php on line 200

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/blogbruna/public_html/restrito/pg/configuracoes/_configGerais.php on line 200

    Bruna

    Brenneisen

    QUEM É ELA?

    Publicitária, 24 anos, mãe da Clarinha e do Francisco.

    É casada com Darlan, um papai designer e empreendedor muito dedicado, que não poupou esforços para dar vida a este grande projeto, chamado mãezinhas. Apaixonada pelas palavras escritas, criou o blog para compartilhar das experiências maternas com outras futuras e atuais mamães. Seu maior sonho sempre foi ser mãe, e torná-lo real dia após dia, torna-se uma grande e maravilhosa aventura da vida real, encarada corajosamente por tantas e tantas mulheres pelo mundo a fora.

  •  
  •  
  •  
  •  
    Copyright © 2019. Mãezinhas Todos os direitos reservados.
    Mãezinhas