Mãezinhas
  •  

    Barrigudinhas

  •  

    Mãezinhas

  •  

    Pequenos

  •  

    Dicas

  •  

    Família

  •  

    Festas

    • 1

      Mãezinhas

      Mães que param de trabalhar para cuidar dos filhos

      22/02/2016 POR Bruna Brenneisen

      Ficar em casa e dedicar-se integralmente ao lar, aos filhos e a família não é uma opção para todas as mães. Muitas se veem obrigadas a trabalhar, ou trabalham por opção e realização mesmo. Contudo aquelas que aderem a primeira opção, são muitas vezes vistas como se levassem uma vida boa, tranquila e sem grandes preocupações.

      Hoje falaremos sobre mais uma rixa séria que acontece no universo das mamães. Se você é mãe com certeza já deve ter percebido que existem dois paralelos relacionados ao trabalho pós nascimento do filho. De uma lado as mamães que trabalham fora, e de outro as que não trabalham fora. É uma querendo desmerecer de alguma forma a conduta da outra. Vale ressaltar que aqui estou generalizando; graças ao bom Deus, existem sim mães que tem o discernimento necessário para escolher uma das duas opções para si, sem menosprezar opção das demais. Mas o foco de hoje serão as mamães que trabalham em casa! Sim, porque elas não são mamães que não trabalham como muitos dizem, afinal as tarefas desempenhadas em casa são muitas, e só de imaginar já dá uma canceira danada.

      Tá certo que as mães que trabalham fora têm muitas atividades em dobro pra fazer, pois além do trabalho fora, ainda precisam dar conta dos afazeres domésticos. Sim, e parabéns pra todas nós! Não é uma tarefa fácil! Mas certamente a partir do momento em que uma mãe trabalha fora e deixa seus filhos na escolinha, com a babá ou com a vovó, muitos dos trabalhos domésticos ficam estagnados, e quando você está em casa com seus filhos surgem ainda mais e mais trabalhos, visto que é a mãe que terá que cuidar, amparar, limpar a bagunça feita no momento (e que por sinal é feita o tempo todo), fazer almoço, cafés e tantas outras funções... O trabalho também acaba duplicando. Vejo pelo final de semana, passo muitas horas da semana trabalhando, e durante os dias úteis minha casa se mantém muito mais limpa e organizada do que em dois dias de final de semana! Bah! Nos sábados e domingos é uma bagunça tremenda e sinto que tenho que ficar o tempo todo limpando e organizando, afinal, estamos ali ‘produzindo’ e vivendo naquele espaço.

      Acho incrível que ‘discussões’ como essas tenham que ser abordadas e defendidas em pleno século XXI, no qual todos lutam pela liberdade da mulher. Talvez justamente devido a essa incessante busca pela liberdade, pode parecer loucura uma mulher abrir mão de sua carreira profissional para se dedicar integralmente a família. Mas pra mim, ser livre é você poder escolher o que quer, o que deseja, o que lhe convém! E você já parou para pensar no que lhe convém?

      Para algumas mulheres convém ter um filho, educá-lo e amá-lo mesmo trabalhando fora e conciliando sua carreira e realização profissional. Para muitas mulheres isso pode nem sequer ser uma opção e sim ser questão de necessidade. Para outras mulheres pode convir ter um filho, educá-lo e amá-lo doando-se integralmente a ele e a família, sem se importar com carreira e profissão. Sendo assim, deveríamos nos preocupar apenas com o que nos convém, não o que convém para o outro. Cada um sabe dos seus sonhos, dos seus critérios, e o que é melhor a ser feito para sua vida!

      Desabafando, pra mim, essa rixa não pensa de inveja da oposição. Sim! As mães que trabalham fora e que falam mal das que não trabalham fora, devem é morrer de inveja das outras, por não poderem ou não conseguirem fazer o mesmo, abrir mão de tudo e dedicar-se integralmente aos seus filhos. E as que não trabalham fora e criticam as que trabalham, devem é estarem inconformadas em ver a realização das outras mães nos dois quesitos, familiar e profissional. 

      Se você é feliz e realizada com sua ‘opção’, você não se preocupa e não vê porquê desmerecer a opção do outro. Quando a gente começa a criticar demais uma outra posição diferente da nossa, é sinal de que a inveja tá rolando solta. Lembre-se sempre que ninguém é obrigada a justificar e explicar nada a ninguém, portanto se importe menos com a vida das outras pessoas, e escolha e faça a sua melhor opção sempre!

      Crédito foto:Shutterstock

      Mães que param de trabalhar para cuidar dos filhos

      A mãezinha

      Bruna Brenneisen

      Publicitária, 23 anos, mãe da Clarinha e do Francisco, e idealizadora do projeto Mãezinhas.com

    Comente com o facebook
  •  
  •  
  •  
  • Bruna Brenneisen
     
     
    Encontro Mãezinhas 2017 - Com Super Nanny
     
     

    MAIS LIDAS

    FOLLOW @BLOGMAEZINHAS
       
    https://api.instagram.com/v1/users/2234105776/media/recent/?access_token=2234105776.1677ed0.2dda7fa43df54a1193afd8bf7127e7c7&count=12
  • Sabe aquele tipo de casal que você fala: “-Mano, eu boto muita fé neles!”!? É esse casal da foto que casou ontem. Costumo dizer que pra um casamento ser pra sempre nos dias atuais, com tantas possibilidades de desistir pelo caminho sendo cada vez mais facilmente oferecidas, somente é possível tendo Deus no meio, porque daí o casamento passa a ser vivido em sua totalidade. Sabemos que nos casamos não só com a figura do no nosso companheiro (a), é um laço com Deus, e é eterno. Esse casal aqui tem Deus no meio, início e final. Inspiram espera, renúncia, persistência e alegria pra viverem tudo isso! Carol, Mú, vocês costumam falar que somos inspiração pra vocês, preciso dizer aqui que vocês nem sabe o quanto também são inspiração pra gente, daquele tipo que faz pensar: “-Tomara que meus filhos sejam como eles!” Parabéns por ontem e por toda história de vocês. Estaremos aqui pro que der e vier! Amo vocês! ❤️ #ogrinhosday
  • Só eu que tenho vontade de esmagar demais!?
  • Dia de sentir Deus em todos os lugares. Até brincando aos sons dos passarinhos! ❤️
  • Aqui está o meu coração! ❤️ #família
  • O Rio de Janeiro continua lindo [...]
  • Alguém falou “diversão!?”
  • Mais uma viagem deliciosa começou. Dias pra ficar pertinho, colado, praticamente grudado, porque se essa não é a parte mais deliciosa de uma viagem em família, eu não sei qual é! ❤️ #família #amormaior
  • 5 anos atrás iniciava um novo ciclo que escreveria toda a história da minha vida dali em diante. 
Como diz a poeta: “Tú é o ser mais bonito que eu tive a sorte de conhecer!” Te amo @soudarlan ❤️
  • Inspirados e revigorados para dar e ser o melhor que pudermos naquilo que amamos. Trabalhar pra nós é uma missão, uma forma de ser feliz, fazer pessoas felizes e um mundo melhor. (Fotos RD 2018 e RD 2017) ❤️
  • Minha mocinha! ❤️ Minha parte!
  • Meu mocinho! ❤️ Minha parte!
  • Parece que foi ontem mesmo que eu pedia incessantemente a minha mãe, que me deixasse dormir na casa da minha prima Táta. Eram os dias mais esperados da minha infância! Alguns aninhos mais tarde chegou a hora das nossas filhas fazerem a mesma coisa. Emocionada estou, apenas isso. ❤️
Duas Clarinhas lindas que mais parecem irmãs do que primas! 😝
  • Bruna

    Brenneisen

    QUEM É ELA?

    Publicitária, 24 anos, mãe da Clarinha e do Francisco.

    É casada com Darlan, um papai designer e empreendedor muito dedicado, que não poupou esforços para dar vida a este grande projeto, chamado mãezinhas. Apaixonada pelas palavras escritas, criou o blog para compartilhar das experiências maternas com outras futuras e atuais mamães. Seu maior sonho sempre foi ser mãe, e torná-lo real dia após dia, torna-se uma grande e maravilhosa aventura da vida real, encarada corajosamente por tantas e tantas mulheres pelo mundo a fora.

  •  
  •  
  •  
  •  
    Copyright © 2018. Mãezinhas Todos os direitos reservados.
    Mãezinhas