Mãezinhas
  •  

    Barrigudinhas

  •  

    Mãezinhas

  •  

    Pequenos

  •  

    Dicas

  •  

    Família

  •  

    Festas

    • 1

      Mãezinhas

      O bom é que cresce tudo junto!

      20/06/2016 POR Bruna Brenneisen

      Não ter filhos? Ter 1? 2? 3? 4? 5?... Ultimamente essa escolha tem assustado até aqueles que não tem nada haver com a situação. Entenda melhor:

      Estou intrigada. Por que as pessoas se sentem no direito de dar tantos palpites na vidas dos outros?

      Desde que engravidei do Francisco, tenho ouvido uma frase com muita, muita frequência mesmo, e ela tem me deixado bastante chateada. Sou uma jovem mãe. Tive minha primeira filha aos 21 anos, e o segundo aos 23, por opção. Porque assim sonhamos, desejamos e realizamos. Mas o que a maioria das pessoas pensam quando veem que 'já' estou na segunda gestação ainda tão jovem? "Coitada, escapou. Não se cuidou direito!".

      Neste post gostaria de deixar claro pra todos: "Não escapou! Desejamos assim!" e ainda que não tivéssemos programado, certamente seria amado e ninguém teria o direito de tirar conclusões precipitadas e dar conselhos indevidos. Todos os dias alguém me pergunta algo sobre a gravidez e com o susto estampado no rosto diz: "Nossa, mais um? Corajosa!" e para tentar consolar, segue com a frase: "Ah, mas o bom é que cresce tudo junto!"

      Aí eu me pergunto: por que este "MAS", por que "PORÉM"? É como se alguém encontrasse um único benefício em ter o segundo filho cedo. Eu não desejei ter um filho apenas pra poder criar os dois juntos e me livrar mais cedo das dificuldades que crianças exigem. Foram uma série de motivos que fizeram nascer no meu coração e do meu esposo esse desejo. E não pretendemos parar por aí, desejamos ter mais filhos daqui uns anos, e eles não "vão crescer todos juntos", porque terão idades bem diferentes e estarão passando por fases diferentes. 

      Mas infelizmente cometários desnecessários são feitos a todos os momentos, principalmente com relação a números de filhos.

      "- Você tem 1 filho?  Ah é muito pouco. Quem tem só um não tem nenhum, devia fazer mais um.

      - Você tem 2 filhos?  Ah se for um casalzinho, tudo bem. Se não, tenta mais um.

      - Você tem 3 filhos?  Nossa que loucura!

      - Você tem 4 ou mais filhos?  Ah não pode ser, não tem televisão em casa?"

      Eu estou feliz com a situação que me encontro. Ela não me foi imposta. Não tente me consolar usando essa frase do "cresce tudo junto", não faz sentido! Não existe padrão do que é certo ou errado, do que é aconselhável e indicado para todas as famílias. Cada uma vai descobrir o que é melhor para si. Ninguém tem o direito de dar pitacos, de indicar quantos filhos outra pessoa deveria ter, de dizer o que é bom ou ruim. O que existe são realidades particulares, o que é ideal e deu certo com você, nem sempre será ideal e dará certo com o outro. Pra você pode ter sido muito bom ter apenas um filho, e eu vou gostar de ouvir você falar do porquê. Isso não significa que eu tenha que fazer igual. Chega de padrões!

      Enfim, agradeço por terem ouvido esse desabafo, ou melhor, lido, rs. Precisava muito compartilhar!

      Um abraço e até a próxima!

      Crédito foto: Shutterstock

      O bom é que cresce tudo junto!

      A mãezinha

      Bruna Brenneisen

      Publicitária, 23 anos, mãe da Clarinha e do Francisco, e idealizadora do projeto Mãezinhas.com

    Comente com o facebook
  •  
  •  
  •  
  • Bruna Brenneisen
     
     
    Encontro Mãezinhas 2017 - Com Super Nanny
     
     

    MAIS LIDAS

    FOLLOW @BLOGMAEZINHAS
       
    https://api.instagram.com/v1/users/2234105776/media/recent/?access_token=2234105776.1677ed0.2dda7fa43df54a1193afd8bf7127e7c7&count=12
  • Sabe aquele tipo de casal que você fala: “-Mano, eu boto muita fé neles!”!? É esse casal da foto que casou ontem. Costumo dizer que pra um casamento ser pra sempre nos dias atuais, com tantas possibilidades de desistir pelo caminho sendo cada vez mais facilmente oferecidas, somente é possível tendo Deus no meio, porque daí o casamento passa a ser vivido em sua totalidade. Sabemos que nos casamos não só com a figura do no nosso companheiro (a), é um laço com Deus, e é eterno. Esse casal aqui tem Deus no meio, início e final. Inspiram espera, renúncia, persistência e alegria pra viverem tudo isso! Carol, Mú, vocês costumam falar que somos inspiração pra vocês, preciso dizer aqui que vocês nem sabe o quanto também são inspiração pra gente, daquele tipo que faz pensar: “-Tomara que meus filhos sejam como eles!” Parabéns por ontem e por toda história de vocês. Estaremos aqui pro que der e vier! Amo vocês! ❤️ #ogrinhosday
  • Só eu que tenho vontade de esmagar demais!?
  • Dia de sentir Deus em todos os lugares. Até brincando aos sons dos passarinhos! ❤️
  • Aqui está o meu coração! ❤️ #família
  • O Rio de Janeiro continua lindo [...]
  • Alguém falou “diversão!?”
  • Mais uma viagem deliciosa começou. Dias pra ficar pertinho, colado, praticamente grudado, porque se essa não é a parte mais deliciosa de uma viagem em família, eu não sei qual é! ❤️ #família #amormaior
  • 5 anos atrás iniciava um novo ciclo que escreveria toda a história da minha vida dali em diante. 
Como diz a poeta: “Tú é o ser mais bonito que eu tive a sorte de conhecer!” Te amo @soudarlan ❤️
  • Inspirados e revigorados para dar e ser o melhor que pudermos naquilo que amamos. Trabalhar pra nós é uma missão, uma forma de ser feliz, fazer pessoas felizes e um mundo melhor. (Fotos RD 2018 e RD 2017) ❤️
  • Minha mocinha! ❤️ Minha parte!
  • Meu mocinho! ❤️ Minha parte!
  • Parece que foi ontem mesmo que eu pedia incessantemente a minha mãe, que me deixasse dormir na casa da minha prima Táta. Eram os dias mais esperados da minha infância! Alguns aninhos mais tarde chegou a hora das nossas filhas fazerem a mesma coisa. Emocionada estou, apenas isso. ❤️
Duas Clarinhas lindas que mais parecem irmãs do que primas! 😝
  • Bruna

    Brenneisen

    QUEM É ELA?

    Publicitária, 24 anos, mãe da Clarinha e do Francisco.

    É casada com Darlan, um papai designer e empreendedor muito dedicado, que não poupou esforços para dar vida a este grande projeto, chamado mãezinhas. Apaixonada pelas palavras escritas, criou o blog para compartilhar das experiências maternas com outras futuras e atuais mamães. Seu maior sonho sempre foi ser mãe, e torná-lo real dia após dia, torna-se uma grande e maravilhosa aventura da vida real, encarada corajosamente por tantas e tantas mulheres pelo mundo a fora.

  •  
  •  
  •  
  •  
    Copyright © 2018. Mãezinhas Todos os direitos reservados.
    Mãezinhas